terça-feira, novembro 29, 2011


"Mas talvez, você não entenda Essa coisa de fazer o mundo acreditar, Que meu amor, não será passageiro. Te amarei de janeiro a janeiro, Até o mundo acabar."

segunda-feira, novembro 28, 2011


"Criar laços?
- Exatamente - disse a raposa. Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo... "




["TU TE TORNAS ETERNAMENTE RESPONSÁVEL POR AQUILO QUE CATIVAS."]

sexta-feira, novembro 25, 2011


"Porque a força de dentro é maior. Maior que todo o mal que existe no mundo. Maior que todos os ventos contrários. É maior porque é do bem. E nisso, sim, acredito até o fim."

quarta-feira, novembro 16, 2011


"Só que homossexualidade não existe, nunca existiu.
Existe sexualidade - voltada para um objeto qualquer de desejo.
Que pode ou não ter genitália igual, e isso é detalhe.
Mas não determina maior ou menor grau de moral ou integridade."

“Nada vai mudar entre nós. Como eu sei? Eu só sei.
Tudo vai permanecer igual. Afinal, não há nada a fazer. Eu não nego, me entrego.
Você é meu grande amor.”


"Amo mais do que posso e, por medo, sempre menos do que sou capaz."

terça-feira, novembro 15, 2011

domingo, novembro 06, 2011


"E quem tem Deus no coração sabe que não a mal que vingue,
nem inveja que maltrate, nem inimigos. Porque pra todo mal, há cura. "